Os pilares da gestão de pessoas

Publicado em 4/01/2024

Por Marco Antonio Granado

Não enxergue os empregados da empresa apenas como mão de obra, pois o desenvolvimento do capital humano está diretamente ligado ao sucesso do negócio. Desta forma, deve-se administrar com excelência o capital humano existente na empresa, gerando o seu desenvolvimento, engajamento e sua capacitação, atingindo, assim, a retenção de talentos, evitando o índice de rotatividade e aumentando a motivação.

São cinco os pilares da gestão de pessoas para potencializar o desempenho de seu capital humano garantindo a satisfação profissional:

a) liderança:

É crucial para as estratégias de gestão de pessoas, desde o recrutamento de novos talentos até a retenção deles.

Os líderes não devem se limitar à definição de metas e análise de resultados. Devem orientar sua equipe, observar e reconhecer suas qualidades, estimular a interação entre os profissionais, transmitir segurança e confiança, dar e receber feedbacks, gerando o desenvolvimento e motivação de sua equipe, promovendo adequado e agradável clima organizacional e, por consequência, gerando alta performance, aumentando a produtividade, bem como a qualidade de vida no trabalho e estímulo à cultura de aprendizagem.

b) comunicação:

Estabeleça canais de comunicação que sejam acessíveis para todos os integrantes da empresa.

Saibam estimular o diálogo, desta forma, barreiras serão quebradas e, assim, dúvidas são sanadas de maneira mais assertiva. Muitos erros podem ser prevenidos por meio da comunicação.

c) treinamento e capacitação:

É necessário ter um processo de onboarding de colaboradores para que eles tenham conhecimento sobre todos os processos da empresa e as boas práticas das suas áreas.

Além do onboarding, invista no desenvolvimento de seus empregados, desta forma, serão mais capacitados e preparados para novos desafios, sentindo-se gratos e reconhecidos, além de motivados, engajados e satisfeitos.

d) trabalho em equipe:

Seus empregados devem estar preparados para atingir os objetivos declarados no planejamento estratégico da empresa, sendo assim, o trabalho de todos deve estar interligado.

Toda a estrutura da empresa deve ter a consciência de que precisa trabalhar em equipe, alinhando suas estratégias e as possíveis consequências dessas ações. É, assim, necessária uma excelente comunicação, uma liderança aberta, ouvindo e orientando com excelência.

e) processos:

Para executar as tarefas e obrigações da maneira esperada pela empresa, um bom processo precisa ser estruturado, além de objetivo e claro.

Defina métricas e indicadores para mensurar o desempenho de seus empregados de forma coerente. Assim, terá empregados que acreditam no propósito da empresa e que, por isso, buscam performar da melhor forma possível sem prejudicar sua saúde mental.

É hora de considerar investir nos pilares da gestão de pessoas. Os benefícios em aplicar estes pilares são muitos, gerando mais capacitação e motivação, além de diminuir os índices de turnover.

Marco Antonio Granado, empresário contábil, contador, palestrante e escritor de artigos empresariais. Atua como consultor empresarial nas áreas contábil, tributária, trabalhista e de gestão empresarial. Atua como docente na UNISESCON e no SINDCONT-SP. Atua como consultor contábil, tributário, trabalhista e previdenciário do SINFAC-SP e da ABRAFESC. É membro da 5ª Seção Regional do IBRACON. É bacharel em contabilidade e direito, com pós-graduação em direito tributário e processo tributário, mestre em contabilidade, controladoria e finanças.

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart