Ativos vencidos e não pagos de FIDCs atinge maior alta dos últimos dois anos

A agência de risco, Liberum Ratings, divulgou seu mais recente boletim com indicadores do mercado de FIDCs. Chama atenção persistência da tendência de elevação dos níveis de inadimplência e provisionamento. Os títulos vencidos há mais de 90 dias atingiram o maior patamar desde abril de 2021 chegando a 7,04% em abril deste ano. “O nível de vencidos acima de 90 dias tem acompanhado a tendência média dos últimos meses, com oscilações dentro da normalidade estabelecida no pós-pandemia. Observa-se, contudo, o que parece ser uma tendência de crescimento no over90, especialmente a partir de julho/22. Movimento que, em linhas gerais, parece ter estagnado a partir de outubro/22, registrando pequenas oscilações para cima ou para baixo desde então. Em abril/23, nota-se uma elevação dos vencidos acima de 90 dias frente a março/23, de 0,27 p.p.”, explica em seu documento.

A agência também destaca que um ligeira redução dos níveis de patrimônio consolidado frente ao subordinado, ou seja, os Fundos estavam operando com menor alavancagem no período analisado, abril de 2023. “O índice de subordinação registrou pequeno aumento entre março e abril deste ano, de 0,2 p.p., i.e., redução do grau de alavancagem. Entretanto, nenhum dos movimentos destoa da média observada ao longo do tempo”, analisa a Liberum.

A tendência de concentração da média de cedentes/sacados também foi observada pela agência. “O movimento de concentração visto no pós-pandemia (ancoragem em empresas e cadeias produtivas mais sólidas – “flight to quality”) continua a acontecer, tanto em sacados quanto em cedentes”. Já a rentabilidade média das cotas subordinadas continua em níveis positivos. Em abril/23, o resultado registrado foi ligeiramente superior ao observado em março/23 (1,45% frente a 0,93%), o que reflete spreads um pouco maiores registrados no mesmo mês, em abril/23, o spread entre as taxas de desconto e o CDI mensal foi de 1,55 p.p., frente a 1,20 p.p. no mês anterior.

Clique aqui para ler a íntegra do informativo da Liberum Ratings.

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart