Revista do setor traz matérias e entrevistas essenciais para quem atua no fomento comercial

A edição 51 da revista do SINFAC-SP já está no ar reunindo notícias de bastante relevância para os profissionais do fomento comercial. A matéria de capa aborda um assunto que vem tirando o sono de muitos empresários do setor: a indústria de liminares. Nela, é possível entender a via crucis que a ABRAFESC e o SINFAC-SP vêm enfrentando para combater o golpe do “limpe seu nome”. “Estamos atuando em duas frentes: no Judiciário e no Legislativo. Precisamos agir rápido, pois as consequências podem ser desastrosas para o setor”, disse o presidente das entidades, Hamilton de Britto Jr.

A publicação ainda traz outras batalhas que o SINFAC-SP vem encampando no governo, sempre com o objetivo de melhorar os negócios para quem é do setor. Exemplo disso é a reportagem sobre a Medida Provisória 1.103/2022, conhecida como Marco Legal das Securitizadoras, em que o sindicato propôs uma emenda que prevê o direito de regresso contra o cedente emissor do título. Há também a matéria sobre o Sistema Nacional de Fomento do Estímulo ao Crédito, em que o pedido de revisão é para que se possa incluir as factorings, securitizadoras e ESCs no projeto, funcionando como operadoras de recursos e garantias do BNDES para as MPE.

Além desses temas, a revista ainda traz entrevistas com profissionais do setor. Participam desta edição a economista da CNC Izis Ferreira, que falou sobre as expectativas do setor de comércio e serviços neste ano; o novo presidente do SESCON-SP, Carlos Alberto Baptistão, que afirma continuar com a parceria com o SINFAC-SP para fortalecer o fomento comercial, e os empresários Ramon Lemos, mais novo sócio benemérito da ABRAFESC e Lucas Rocha, diretor da FMB4, que contou sobre a trajetória da empresa.

Essas e outras matérias podem ser acessadas pelo link: https://www.sinfacsp.com.br/revistas/051/#p=8

 

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart