Uqbar Experience foi oportunidade para a ABRAFESC retomar temas do setor com autoridades do BC e da CVM

Na semana passada (4/4), o presidente do SINFAC-SP e da ABRAFESC, Hamilton de Brito Jr., esteve na etapa presencial do evento Uqbar Experience. Além de acompanhar os painéis com apresentações sobre o mercado de fundos de investimentos, a ocasião foi oportuna para retomar o diálogo com o diretor de regulação do Banco Central, Otávio Damaso, sobre a resolução que impede que as operações de aquisição de duplicatas escriturais sejam realizadas com coobrigação (Resolução BCB n° 339 de 24/8/2023). O Sindicato vem buscando um ajuste nesse texto, já que há o entendimento de que essa limitação confronta normas da CVM, entre outros marcos regulatórios. Damaso mostrou-se disposto a entender melhor o pleito que o SINFAC-SP está fazendo em nome do setor de fomento comercial. Com isso, o Sindicato prepara novo ofício para o BC sobre o tema.

 

Ainda no evento, Hamilton conversou com o superintendente de securitização e agronegócio da CVM, Bruno Gome, sobre o interesse do setor em participar da antecipação de recebíveis da dívida ativa de estados e municípios, prevista no PLP 459/17 que está sob relatoria do Deputado Federal Alex Manente (Cidadania-SP). Em programa exibido ontem pela Rádio Câmara, Manente defendeu a proposta que está pronta para ser apreciada em Plenário. Sobre a pauta, Nascimento comentou a importância de deixar claro no texto que não se trata de operação de crédito com endividamento dos estados e municípios. Hamilton esclareceu que, pelo contrário, trata-se de fazer caixa para os cofres públicos. Entendimento compartilhado pelo Deputado: “a antecipação dessa dívida é uma maneira de fazer investimentos sem a necessidade de aumentar impostos”.

 

“O evento foi uma grande oportunidade de aprendizado e network com a classe”, avaliou Hamilton. Também estavam presentes todas as registradoras autorizadas pelo Banco Central com as quais o presidente está negociando parcerias para a ABRAFESC.

 

Presidente do SIFAC-SP com o diretor de regulação do Banco Central, Otávio Damaso.

Presidente da CVM, João Pedro Nascimento

Carlos Augusto Lopes , CEO da UQBAR

Tatiana Floh, diretora de marketing da CERC

Danielle Jarra, gerente de contas na Grafeno, e Ana Luiza Fernandes, CMO da Grafeno

Superintendente de securitização e agronegócio da CVM, Bruno Gomes e o presidente da Laqus, Rodrigo Amato

Othavio Parisi, Diretor Executivo Comercial e de marketing da CRDC, e Ivan Lopes, CEO da CRDC

Daniel Lemos, CEO da Singulare

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart